Seu navegador não tem suporte JavaScript! Inclusão com responsabilidade social – Instituto Humanus

Inclusão com responsabilidade social

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. Sendo que são direitos humanos básicos: à vida, à liberdade de expressão, de opinião, de religião, direito à saúde, à educação, ao trabalho, à mobilidade e à inclusão.

Os direitos humanos consistem em direitos naturais garantidos a todo e qualquer indivíduo, e que devem ser universais, isto é, se estender as pessoas de todos os povos e nações, independentemente de sua classe social, etnia, gênero, nacionalidade ou posicionamento político; portanto os direitos humanos são garantias históricas, que mudam ao longo do tempo, adaptando-se às necessidades específicas de cada momento.

Com foco na pessoa humana, uma das últimas pesquisas realizada pela FECOMÉRCIO, vem apontando uma representativa mudança no perfil do consumidor brasileiro.

Todos sabem que hoje, a pirâmide etária está se invertendo com um considerável aumento da população de idosos. A idade faz surgir várias mudanças, como a mobilidade reduzida; além de outras deficiências adquiridas oriundas do envelhecimento, tudo isso somado ao grande número de pessoas que já nasceram com deficiências ou que adquiriram deficiências no decorrer de suas vidas. No final, tudo isto representa mais de 30% da população economicamente ativa no pais. Só para se ter uma ideia, este grupo de pessoas em 2018 movimentou mais de 152 bilhões de reais em consumo e cada vez mais precisa de uma abordagem diferenciada e focada em suas necessidades. Um bom exemplo deste potencial é que mesmo durante a crise econômica do mercado brasileiro a venda de veículos para PCD’s e para pessoas com mobilidade reduzida cresceu mais de 30% só no ano passado.

No vácuo desta grande oportunidade, foi criada há mais de 04 anos a Design Universal, a primeira agência especializada, de forma prioritária, no desenvolvimento de campanhas e estratégias de mercado para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Desde, então, a agência é gerida pelo publicitário, especialista em marketing e jornalista Rodolfo Sonnewend.

A Design surgiu de uma vivência própria do profissional, que em 2010 sofreu um grave acidente que o transformou em uma pessoa com deficiência e mobilidade reduzida. “Só então, pude perceber as dificuldades pelas quais esta parcela da população passa e comecei a estudar a falta de acessibilidade e inclusão em quase todos os produtos, serviços, cidades; enfim em tudo que nos rodeia. Mesmo com os esforços cada vez maiores de governantes e algumas entidades, ainda havia muito por fazer, concluiu Rodolfo”.

Uma das grandes estratégias criada pela Design foi o Instituto Humanus, uma entidade do terceiro setor, sem fins lucrativos e que aglutina diversos profissionais e empresas comprometidas com a causa das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Há mais de dois anos, a Humanus vem estudando e trabalhando um conjunto de novas práticas e soluções em administração de negócios, relacionamento entre pessoas, novas estruturas construtivas e operacionais, legislações específicas e recursos com o objetivo de alcançar e aprimorar metas definidas de acessibilidade e inclusão junto à sociedade. Em 2018, todo este processo passou a ser chamado de Gestão Assistiva.

Afinal, a Humanus acredita que se atender às necessidades e desejos, de forma prioritária com soluções em acessibilidade, todos os demais serão beneficiados a reboque; tornando o mundo menos complicado e mais inclusivo.

Um bom exemplo disto, salienta Rodolfo – atual presidente da Humanus – é a construção de uma rampa de acesso em substituição à tradicional escada. Este processo não beneficia apenas aos cadeirantes e idosos com mobilidade reduzida, mas todos aqueles que passam a ter acesso através desta solução; evitando possíveis acidentes e esforços desnecessários.

O grande avanço é que o processo de Gestão Assistiva nos propiciou a criação de diversos conceitos e integração de antigas práticas. Hoje, temos diversas e inéditas soluções em Tecnologia Assistiva, Marketing Assistivo, Arquitetura Assistiva, Web Assistiva, Educação Assistiva, Direito Assistivo; além de soluções em Comércio Assistivo. Afinal, a Lei Brasileira de Inclusão e muitas leis e normas adjacentes estão a todo o vapor e as empresas bem como o poder público precisam, cada vez mais dar acesso para incluir esta importante parcela da população porque todos devem ser iguais e usufruir de sistemas de mobilidade física e digital com total acessibilidade, isto é, gestão assistiva com responsabilidade social e inclusão, conclui Rodolfo Sonnewend. Para conhecer mais sobre a Design e o Instituto Humanus, basta acessar: www.institutohumanus.org.br e www.designuniversal.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSOCIADOS EFETIVOS

ASSOCIADOS COLABORADORES

copyright by Arquitetos da Criatividade - Design Unviersal